Rss Feed
Dou seu nome a estranhos
Imagino seu rosto
Desenho seus atos
Tocando o infinito de seu sorriso
Na penumbra da saudade.

0 comentários:

Postar um comentário