Rss Feed
Doce incerteza do amor sincero
Amarga espera pela retribuição
Olhos refletindo a incerteza
De querer estar junto...
Presente divino
Saborear com ardor
Lamber os dedos
Usar o instinto
Sentir, tocar
Conhecer o amor
Perante ti, consigo voar
Olhe para si, e comece a chorar
Vazio e medo, você me diz
Só quero tê-la, sempre quis...
Arrependimento, não vi seus olhos.

0 comentários:

Postar um comentário