Rss Feed
palavrasa perdidas em frente ao mar
tudo era dita apenas num olhar

Nunca vou me esquecer daquele momento, eu não sabia oque fazer, estava com muito frio e tinha esquecido a blusa em casa, e meus amigos insistiam em continuar, no que parecia um ritual que todo jovem tem de participar para não parecer idiota, bebendo, fumando e fazendo oque de mais idiota vinha a cabeça, e você no seu grupo também parecia estar com os mesmo pensamentos que eu, mas por um lado estava com blusa.
Nisso levantei e sai andando pra esquentar um pouco, a noite estava bonita vista de olhos atenciosos, algumas nuvens cobria o céu, mas as estrelas mais sonhadoras, que queria trazer felicidade para algumas pessoas que estavam a espera de seu bilho apareciam tímidas, e parecia que o céu estava organizado para dar ênfase a lua minguante, pois ela estava contornada, um sorriso perfeito.
a maré ja estava alta, o mar batia gelado no meu pé, e de tanto que tinha andado ja estava na minha canela.
Foi ai que eu percebi que deveria voltar, e dei meia volta.
Não tinha andado muito e me deparei com um vulto sentado em um banquinho, que olhava para o céu e balançava os pés como uma criancinha [ainda sorrio quando me pego lembrando dessa cena]
Quando me aproximei, você não tinha tirado os olhos da lua e falou: "as vezes acho que ela está sorrindo pra mim"
Fiquei poucos segundos refletindo no que ela tinha falado até que nesse momento foi ela quem rio e apontou pra lua e disse " A lua poxa".
Ela me chamou pra sentar e ficamos em silêncio por um bom tempo contemplando a lua, até que senti uma mão quente sobre aminha, e ela riu e, pois sabia que eu estava com frio, e pasou o braço por minhas costas e encostou a cabeça no meu ombro.
Ela sorriu e me deu um beijo no rosto, continuou o sorriso e disse que estava ja cansada de me seguir, não aguentava mais ficar com o pessoal, e estava com vergonha de pedir pra me acompanhar.
Quando fui tentar dar um beijo na sua boca, você virou o rosto e me deu um beliscão e falou "você acabou de conhecer o amor da sua vida seu bobão, não estrague o momento" tinha ficado confuso, mas foi então que eu percebi que em muitos momentos, um olhar, uma mão entrelaçada, um momento vivenciado, pode valer mais que um beijo, pois em certos momentos demonstra um sentimento verdadeiro, e não só um desejo superficial fisico.

0 comentários:

Postar um comentário